segunda-feira, 16 de abril de 2012

Drama nacional tem Leopoldo Pacheco como pai de músico gay

Fonte: Mix BrasilNovo longa nacional tem músico gay em busca de vingança do pai que o abandonouA busca pela liberdade e forma pela qual as pessoas conseguem, ou não, se libertar de suas prisões psicológicas move o novo longa nacional “Essa Maldita Vontade de Ser Pássaro”, que já no nome anuncia que se trata de um filme onde seus personagens querem se libertar. A protagonista é Cynthia Falabella, o centro de histórias tão humanamente variadas como a de seu melhor amigo, gay e abandonado pelo pai quando criança.

O longa é dirigido por Adrian Steinway e Paula Fabiana e ainda não tem distribuidora no Brasil, mas já tem distribuição garantida na Espanha pela Versus Film e na França pela Rendezvous Pictures.  Não é uma história fácil de ser entendida, com enredo comercial e falas água-com-açúcar. Para contar os dramas dos personagens, a dupla na direção abre mão da luminosidade e aposta no claro-escuro que muitas vezes esconde parte dos personagens – assim como eles tentam se esconder de seus medos.

Cynthia é Clara, uma bailarina clássica que após o fim da companhia onde trabalha vai buscar emprego, sem mais opções, em uma casa de shows burlescos – onde abre mão da leveza das sapatilhas e aposta na sensualidade e muito rebolado. Ela é vizinha de Michel (Adrian Steinway), um jovem músico gay que foi abandonado pelo pai, Marcelo (Leopoldo Pacheco), ainda na infância.

Com a ajuda da travesti cartomante Soledad (Elias Andreato), ele consegue encontrar o homem que deixou sua mãe e se vingar de uma maneira nada cristã, em um dos desenrolares da trama mais dramáticos, pesados e possível alvo de críticas pelos mais conservadores. Marcelo é dono de um clube (onde trabalha Kaká di Polly) e, sem saber que Miguel é seu filho, o contrata já interessado em algo mais do que a música - e consegue.

Tristeza, solidão e escuridão, não só das cenas, mas também da alma, dão o tom de toda a produção, em um filme que com certeza não deixa o espectador sair da sala sem certas perturbações, sem levantar discussões e destacar questões e pontos de vista. Confira abaixo o trailer:



* A matéria em questão é de inteira responsabilidade dos seus criadores, assim como seu crédito total.

1 comentários:

Lana on 13 de junho de 2012 13:09 disse...

Muito bom!! Gosto muito da talentosa atriz Cynthia Falabella. Ela participa da nova série brasileira da HBO que convida você a experimentar a vida através dos olhos de um juiz de futebol vaiado durante a Copa Libertadores. O contexto de fdp é muito interessante, diferente das séries atuais. Eu quero assistir essa série.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitantes Online

Quer nos seguir?

Brasil Sem Preconceito Copyright © 2011 Community is Designed by Brasil sem preconceito